Atividades 2017
Saber Mais

Apresentação e Objetivos

O grupo de investigação em Geografia Física, Natureza e Dinâmicas Ambientais, agrega um conjunto de investigadores em Geografia com formações e interesses diversificados, em torno do estudo dos reflexos territoriais das dinâmicas ambientais que afectam a superfície da Terra e seus interfaces com a atmosfera, biosfera e hidrosfera.

Centrando os seus interesses no conjunto do território nacional e mais especificamente no Norte e Centro de Portugal, a investigação a desenvolver terá um carácter mais teórico ou fundamental, relacionado com a elaboração de dissertações de mestrado e doutoramento de muitos dos seus membros ou com o desenvolvimento de projectos especificamente elaborados com o objectivo de melhor compreender o espaço biofísico, ou um carácter mais aplicado, tentando responder aos problemas concretos de uma sociedade em rápida mudança, fortemente predadora de recursos e com dificuldade em apreender a dinâmica ambiental ou em saber conviver com a multiplicidade de problemas territoriais dela decorrentes. A investigação a promover neste grupo tem, assim, por objectivos principais o estudo de:

A. Geomorfologia, Climatologia e dinâmicas hidrológicas em Portugal

Para além dos estudos de Geomorfologia fluvial, de Geomorfologia e Hidrologia cársica e dos estudos de Geomorfologia em áreas graníticas, relevância particular será dada aos estudos sobre a plataforma litoral e sua evolução, bem como aos fenómenos erosivos que afectam fortemente o litoral Centro-Norte de Portugal.

Do ponto de vista teórico, procurar-se-á a integração dos diferentes estudos, de modo a aperfeiçoar os modelos que têm vindo a ser construídos para a evolução quaternária (tectónica, eustática, climática e paleoambiental) do Centro Norte de Portugal. Será dada atenção à importância ao estudo da geodiversidade enquanto recurso para o desenvolvimento sustentável a nível local e regional.

Serão feitos também estudos de Climatologia Regional e Local, destinados a compreender a dinâmica climática e a apoiar os estudos hidrológicos em Portugal.

B. Dinâmica ecológica da paisagem

Os estudos sobre a evolução da floresta em Portugal durante os últimos séculos são o ponto central da investigação. O abandono de terrenos agrícolas, no Centro e Norte de Portugal, será motivo para estudos a desenvolver no âmbito das alterações ao nível do solo, do coberto vegetal, do uso económico e da paisagem. A variação da composição da Laurissilva da Madeira será estudada em função das condições topo-climáticas.

C. Riscos Naturais em Portugal

Tentando uma síntese aplicada dos diferentes estudos sectoriais em Geografia Física e a articulação com o seu uso social, com um pioneirismo notável, alguns investigadores do Grupo têm vindo a promover o estudo dos riscos naturais em Portugal. Para o período em causa, propõem-se estudos que contemplem a análise de processos, análise da acção humana no desencadeamento, aumento de vulnerabilidades e gestão de crises. Será também dada a atenção à cartografia de riscos e sua modelação em ambiente SIG. Ricos, vulnerabilidades e cartografia de risco envolvendo arquitecturas SIG serão uma ferramenta poderosa para alcançar todos os objectivos do grupo.

D. Suportes Físicos do Ordenamento do Território

Procurando responder aos apelos de diferentes instituições com responsabilidade no ordenamento e na gestão territoriais a diferentes escalas, procurar-se-á desenvolver investigação aplicada, numa perspectiva sistémica, sobre os sistemas biofísicos de suporte às actividades humanas. Será também disponibilizada grande atenção à construção e evolução dos territórios e à forma como lidam com o consumo de recursos naturais, problemas ambientais e restrições do uso do solo. Utilizando a experiência SIG dos membros do grupo, foram desenvolvidas várias recomendações técnicas e vários trabalhos de análise dos riscos naturais, geo-arqueologia e gestão territorial.

No sentido da participação mais activa dos investigadores, encorajou-se a criação de grupos de trabalho temáticos. Assim, para além das quatro linhas temáticas acima definidas foram criados pequenos grupos como o grupo DYNAT (Dinâmicas Naturais, Modelação, Avaliação e Cartografia) e o grupo CARSO que permitirão a realização de projectos conjuntos e o estabelecimento de laços de trabalho entre investigadores de diferentes universidades que trabalham os mesmos temas.



Via Panorâmica, s/n
4150-564 Porto - PORTUGAL [ ver mapa ]
geralcegot@gmail.com


FCT